top of page
Buscar

A banda OVERDOSE NUCLEAR, de Ubatuba/SP, participará da quarta edição do Roadie Crew Online Festival, realizado pela revista Roadie Crew com a produtora Som Do Darma. O já tradicional evento online mensal continua o seu trabalho de divulgação das bandas nacionais fortalecendo a cena do Heavy Metal, sempre com transmissão “Streaming-Live” exclusiva pelo canal oficial da Roadie Crew no Youtube – www.youtube.com/roadiecrewmagtv. A quarta edição do evento vai ao ar na sexta-feira, dia 10 de julho, a partir das 19h:30, e contará ainda com as seguintes atrações: Sepultura, Mystifier, Wizards, Paradise In Flames, Bywar, Delinquentes, Maestrick, Attractha, Vulture, Marenna, WolfPire, Spiritual Hate, Endrah, além de dois especiais com Ignispace e Coven Japan tocando Queensrÿche e o Warshipper e Hammathaz tocando Deicide. O vocalista Julio Candinho comenta: “Ficamos muito gratos pelo convite da Roadie Crew e da Som Do Darma para participar desta grandiosa iniciativa em prol do Metal nacional. Os tempos são sombrios e são ações como esta que fortalecem nosso cenário, movimentando as bandas e os fãs de som pesado!”.


Para mais informações, acesse: https://www.facebook.com/events/633649614168790/ Além do festival online, Julio Candinho (vocal), Marcus Goulart (guitarra), Gustavo Albado (baixo) e Samuel Marques (bateria) estão divulgando um projeto de crowdfunding para colocar em prática a produção de um vídeo clipe para a faixa “R’itual (Moshpit)”, através da plataforma Kickante. Dentre as recompensas estão itens como a versão em CD físico do debut “Overdose Nuclear”, a versão digital do álbum e camisetas. Apoie o projeto: https://www.kickante.com.br/campanhas/videoclipe-ritual-moshpit Assista ao video clipe de “Kriatura”: https://www.youtube.com/watch?v=YlDI0PClVkc Ouça “Overdose Nuclear” no Spotify: https://open.spotify.com/album/1vxMOvyZ5sGC891b9yzsID?si Contatos: Site oficial: www.overdosenuclear.com.br Facebook: www.facebook.com/OverdoseNuclear Instagram: www.instagram.com/overdosenuclear Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

10 visualizações0 comentário

A banda OVERDOSE NUCLEAR, de Ubatuba/SP, será a única banda brasileira presente na segunda edição do festival online “Pandemic Terror Fest”, que será realizado no dia 29 de agosto, a partir das 22h. Organizado pela Living Metal Producciones, o evento contará ainda com as seguintes bandas (confirmadas até o momento): Evilution (Colômbia), Next (México), War Kabinett (México), 4Estigma (Chile), GuerraSanta (Argetina), Savanth (México), Derian (Venezuela), Halcón 7 (México) e Atavi (Colômbia). Será a terceira aparição em festivais online da banda, que já participou do Roadie Crew Online Festival e do Metal com Batata Stay Home Festival.



Para mais informações sobre o festival, acesse:


O OVERDOSE NUCLEAR também planeja para o dia 19/09 a edição online de seu próprio festival, o “Inverno de Aço”. Segundo comunicado do vocalista Julio Candinho, “O inverno está chegando ao fim, mas a pandemia não, então nos reunimos e decidimos realizar a edição 2020 do festival em formato “Live streaming” no YouTube e Facebook para matarmos um pouco da saudade do nosso underground e ajudarmos as bandas. Faremos uma Vakinha Online e todo o dinheiro arrecadado será dividido entre as bandas participantes do festival!”. O cast do evento e demais informações serão divulgadas em breve.

Assista ao video clipe de “Kriatura”:

Ouça “Overdose Nuclear” no Spotify:

Contatos:

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

3 visualizações0 comentário

Acaba de ser lançado o novo vídeo clipe da banda Overdose Nuclear, para a música “Blackout”, presente em seu debut autointitulado. Julio Candinho (vocal), Marcus Goulart (guitarra), Gustavo Albado (baixo) Samuel Marques (bateria) mostram no clipe um pouco de sua rotina, incorporando ao vídeo cenas das gravações do álbum e imagens que reforçam a unidade do grupo. Com produção da própria banda e direção por Viswambhar Gauränga e Julio Candinho, o clipe contém imagens de Viswambhar Gauränga e América Vídeo. A experiência em estúdio e nos palcos e retratada no vídeo, segundo o vocalista, “traz a tona nossa experiência como banda e como foi incrível todo o processo de gravação do nosso primeiro álbum. Esperamos que as pessoas não desistam de reconstruir e recomeçar tudo quando esse momento passar, porque vale a pena, inclusive deu um novo fôlego à banda e queremos que outras pessoas sintam essa mesma experiência. Não desistam diante dos problemas atuais que o mundo vem passando!”.

Assista ao video clipe abaixo:



A temática do álbum em si, assim como “Blackout”, reflete uma realidade catastrófica, algo corriqueiro entre as bandas de Heavy Metal desde os primórdios. Na explicação de Candinho, “As luzes que se apagam no “Blackout” não são simplesmente as de energia elétrica, são a da moral, a da ética e todo sentimento de civilização existente, quando tudo isso desmorona a monstruosidade e o animalismo inerente à natureza humana emerge em uma fúria catastrófica e é sobre isso que a música retrata, a luta pela sobrevivência nas nossas horas mais escuras como espécie humana. Sentimos a necessidade de nos expressar como banda, pois no momento atual que estamos todos passando a respeito da pandemia, nossos sonhos, shows e expectativas foram destruídos e postergados e a música “Blackout” pareceu perfeita para isso! Entretanto, será que o pior não está por vir?”.


Para os nãos habituados ao Heavy Metal e suas histórias fantásticas e recheadas de morte e devastação, fica o aviso: na maioria dos casos as bandas retratam tudo aquilo que as outras pessoas não veem ou fingem existir. As atrocidades de uma guerra, a política infame, enfim, a realidade do mundo com uma visão mais peculiar. A própria capa do álbum, criada por Caio Caldas, da CadiesArt, reforça isso e é relacionada diretamente a música que batiza a banda e possui uma história interessante: “A música “Overdose Nuclear” fala sobre a devastação nuclear, então a temática dessa aranha seria uma analogia cósmica a isso. Entrando mais no contexto do álbum, a entidade, a aranha, é uma cria da escuridão, é a anti-vida de um verdadeiro buraco negro que vive sempre com fome de poder, mas quanto mais ela se alimenta, maior é a sua fome. Ela representa um apêndice da escuridão do espaço. Ela é a radiação que varre a vida. Com suas centenas de olhos cegos, apenas um enxerga, e então ela encontra seu próximo alvo. Ela causa o caos, aprisionando em suas teias todo o planeta Terra, consumindo a vida na Terra envenenando e corroendo radioativamente o planeta, deixando o mundo morrendo em um completo caos nuclear para depois se alimentar dele fazendo com que o planeta faça parte de seu grande estômago levando a total aniquilação da nossa espécie e o fim de nosso planeta. Essa aranha radioativa é a Overdose Nuclear.”.

Ouça “Overdose Nuclear” no Spotify:

Contatos:

3 visualizações0 comentário
bottom of page